Material Educativo Para
Treinamento de Expositores Espíritas
Como Falar em Público sem Desencarnar de Medo 
(Geraldo Campetti)
Técnicas para bem falar em 
público Educação Espírita 
(Alkindar Jr. de Oliveira)

CURSO COMPLETO:
- Projeto Espiritizar -
8 aulas

CONDUTA DO EXPOSITOR ESPIRITA
NA TRIBUNA
(Do Livro - Conduta Espírita - Chico Xavier / Emmanuel - Cap. 14)

Palestrar com naturalidade, governando as próprias emoções, sem azedume, sem nervosismo e sem momices, fugindo de prelecionar mais que o tempo indicado no horário
previsto.
A palavra revela o equilíbrio.

Calar qualquer propósito de destaque, silenciando exibições de conhecimentos, e ajustar-se à Inspiração Superior, comentando as lições sem fugir ao assunto em pauta,
usando simplicidade e precatando-se contra a formação da dúvida nos ouvintes.
Cada pregação deve harmonizar-se com o entendimento do auditório.

Respeitando pessoas e instituições nos comentários e nas referências, nunca estabelecer paralelos ou confrontos suscetíveis de humilhar ou ferir.
Verbo sem disciplina gera males sem conta.

Sustentar a dignidade espírita diante das assembléias, abstendo-se de historietas impróprias ou anedotas reprováveis.
O orador é responsável pelas imagens mentais que plasme nas mentes que o ouvem.

Nas conversações, não se reportar abusiva e intempestivamente a fatos e estudos doutrinários de entendimento difícil, devendo selecionar oportunidades, quanto a pessoas e ambientes, para tratar de temas delicados.
A irreflexão é também falta de caridade.

Manter-se inalterável durante a alocução, à face de qualquer situação imprevista.
Os momentos delicados desenvolvem a nossa capacidade de auxiliar.

Procurar abolir, em suas palestras, os vocábulos impróprios, as expressões
pejorativas e os termos da gíria das ruas.
O culto da caridade inclui a palavra em todas as suas aplicações.

Sempre que possível, preferir o uso de verbos e pronomes na primeira pessoa do plural, ao invés da primeira pessoa do singular, a fim de que não se isole da condição dos
companheiros naturais do aprendizado, com quem distribui avisos e exortações.
Somos todos necessitados de regeneração e de luz.

“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a
edificação, para que dê graça aos que a ouvem.” — Paulo. (EFÉSIOS, 4:29.)​

Spiritist Society of Palm Beach
Apostilas de Treinamento Para Preparação de Expositores Espíritas
Os 10 erros Mortais 
da Oratória